martes, 3 de octubre de 2006

Meia Lua Inteira


Eu sei que vou te amar por toda minha vida vou te amar...

Meia Lua Inteira
Caetano Veloso




Meia-Lua inteira

Sopapo na cara do fraco
Estrangeiro gozador
Cocar de coqueiro baixo
Quando o engano se enganou
São dim dom dão são bento
Grande homem de movimento
Martelo do tribunal
Sumiu na mata adentro
Foi pego sem documento
No terreiro nacional
Poeira ra ra ra
Poeira ra ra ra
Terça feira capoeira ra ra ra ra
Tô no pé de onde dera ra ra ra
Verdadeiro ra ra ra
Derradeiro ra ra ra
Não me impede de cantar ra ra ra ra
Tô no pé de onde dera ra ra ra
Bimba beriba a mim que diga
Taco de arame cabaça barriga
São dim dom dão são bento
Grande homem de movimento
Nunca foi um marginal
Sumiu a praça a tempo
Caminhando contra o vento
Sobre a prata capital
Poeira ra ra ra
Poeira ra ra ra
Terça feira capoeira ra ra ra ra
Tô no pé de onde dera ra ra ra
Verdadeiro ra ra ra
Derradeiro ra ra ra
Não me impede de cantar ra ra ra ra

1 comentario:

ana dijo...

Caetano é bom!!!!!!!!!!!!!!!! E,
se todos amasse- mos Caetano?

Todos amamos